Top Social

Desejando: Cleansing Oil

16 setembro 2019

Pra muita gente, cleansing oil é um produto que já faz parte da rotina de beleza há algum tempo (caso da Lola) mas tem outras que o estão descobrindo ou dando a merecida atenção somente agora (meu caso). Quem acompanha páginas de skincare já conhece, mas só recentemente que notei o quanto se tem falado sobre ele, e desconfio que em breve se tornará o novo hit do momento - se é que ainda não virou. 

O cleansing oil nada mais é do que um óleo de limpeza. Você passa nas mãos (ou seja, dispensa o uso do algodão), aplica no rosto seco e vai massageando para remover as impurezas, maquiagem, protetor solar. Por ter consistência oleosa, remove inclusive máscaras a prova d'água. O próximo passo é usar um sabonete ou gel de limpeza facial pra lavar o rosto e retirar os resíduos do óleo. Esse processo recebe o nome de double cleansing. Ele funciona pra todos os tipos de pele, e isso inclui as peles oleosas.

Além do cleansing oil, também tem o cleansing balm. É basicamente a mesma coisa, com a mesma função, mas vem em formato sólido. Inclusive minha única experiência com esse tipo de produto, foi com o cleansing balm da Skin Food, que a Lola comprou, não gostou (reclamou do cheiro de couve, e ele tem mesmo) e me deu. E apesar dessa experiência ter sido excelente, segui na minha zona de conforto com o bom e eficaz demaquilante bifásico.

Acontece que de uns dias pra cá, a quantidade de algodão que uso todos os dias pra remover a maquiagem tem me incomodado demais. Quando percebo, a lixeirinha que fica embaixo da minha penteadeira tá lotada de algodão, o que não é nada sustentável. Aliado a isso, teve o fato de a Lola ter vindo de férias para o Brasil e ficar constantemente me falando sobre as maravilhas do cleansing oil, e das diferenças que sentiu na pele - inclusive redução nos cravos - desde que começou a usar. Então bati o martelo: esse meu demaquilante será o último, assim como meu saquinho de algodões. 

O Cleansing Oil da The Body Shop não é uma pechincha, mas é uma das poucas opções que temos disponíveis por enquanto aqui no Brasil. Já ouvi falar muito bem sobre ele, e se uma promoção surgisse, compraria, pois sou bem fã dos produtos da marca. Há também uma versão em balm, mas está indisponível no momento.

O Cleansing Oil da Bioré provavelmente será o que comprarei de início. Ele já pode ser encontrado em algumas redes de farmácias, incluindo uma que muito frequento, a Drogaraia. O preço também não é a maior pechincha, mas é mais barato que o da The Body Shop. A questão é que comprar produtos da Bioré é garantia de qualidade, pois essa marca japonesa é maravilhosa. Já apareceu algumas vezes aqui no blog. Então entra na relação custo benefício.

Um dos demaquilantes asiáticos mais famosos do mundo é o Clean It Zero da Banila Co. Ele é na versão balm, e todas as resenhas que vi sobre esse produto não pouparam elogios a ele. Pelo que pesquisei, sua textura é cremosa, desliza fácil na pele, e remove toda a maquiagem com facilidade. Será que ele é tudo isso mesmo? Eu apostaria que sim. Infelizmente não vende no Brasil, e até o momento ainda não comprei pelo Ebay, mas na lojinha de lá onde a Lola faz compras com frequência dá pra encontrar ele com valor ok.

Eu não conhecia o Perfect Cleansing Oil da Etude House, mas juro que quando vi essa embalagem fiquei apaixonada e saí super animada - mas com baixas expectativas - procurando resenhas sobre ele. Pra minha surpresa, as pessoas costumam achar ele ótimo e como tem manteiga de karité na fórmula, promete remover até maquiagens que sejam mais pesadas. Na lojinha do Ebay, ele está mais barato do que o cleansing balm que falei anteriormente.

E por último, mas não menos importante, vem o Cleansing Oil Black Head Off da Missha. A Missha é uma marca coreana super famosa, e até então só tinha ouvido falar do BB Cream deles, que é um dos mais bem falados no mundo da beleza. Além dessa versão Black Head Off que promete remover cravos e a oleosidade da pele, eles ainda possuem outros 3 tipos. Mas óbvio que por ele ter essa indicação, entre os 4, foi o que mais desejei.

Me aguardem então, pois em breve trarei notícias (em primeira mão nos stories do nosso instagram) sobre minhas compras, e consequentemente resenha sobre os produtos. O dia para o cleansing oil entrar na minha rotina de beleza está cada vez mais próximo!


Seja o primeiro a comentar:
Postar um comentário