Top Social

Livros Lidos: Primeiro Semestre

21 maio 2019

Estamos quase no meio do ano, que loucura! E eu já li alguns livros, até agora foram 7 (quase 8). E vou dividir com vocês aqui todos eles e contar qual vale a pena, mas já adianto que tem umas leituras MUITO boas. 

A História do Novo Sobrenome - Elena Ferrante: esse livro faz parte da série Napolitana dessa escritora, que na verdade escreve sob esse pseudônimo e ninguém sabe quem ela é realmente. Eu tenho muito amor por essa série, e apesar de ser uma narrativa densa, com pouquíssimos diálogos, é tão tocante, forte e ao mesmo tempo sensível. Recomendo demais, mas tem que começar pelo primeiro livro que é A Amiga Genial, caso contrário a pessoa fica bem perdida. É a história de duas amigas que se conhecem na infância e descobrem a vida juntas, cada uma da sua forma. Elena, a amiga que narra a história e Rafaela, são completamente diferentes e é impossível não se apegar as duas. 

A Mulher na Janela - A.J.Finn: quando vi que ia sair um filme desse livro, pedi para me trazerem do Brasil. Eu adoro ler livros que viram filmes, e sempre leio o livro antes, óbvio. É a história de Anna, uma mulher que vive sozinha em uma casa e tem pânico de sair. Um belo dia ela acredita ter visto um crime na casa ao lado e um suspense louco inicia. Me emocionei com alguns trechos do livro, tem algumas partes muito tristes, e outras surpreendentes. Mas confesso que não achei dos melhores livros que já li, antes de chegar ao final eu já tinha sacado qual era o mistério. É um bom livro, bem escrito e com bons personagens. Verei o filme com certeza, até porque a personagem principal será interpretada pela Amy Adams. 

O Desaparecimento de Stephanie Mailer - Joël Dicker: já li os outros livros desse escritor, e quando vi que ele lançaria esse, fiquei muito afim de ler. Fábio, meu marido, ganhou de Natal e quando ele começou a deixar o livro de lado, eu peguei pra ler. São quase 600 páginas! E o livro tem muitas reviravoltas e tem um final surpreendente, mas confesso que não gostei tanto assim. Achei um final simples. Mas preciso falar sobre os muitos personagens e a construção de cada um deles, esse escritor não se perde, amarra todas as pontas soltas e nesse sentido eu acho ele muito foda, é impressionante. 

Tudo o que Nunca Contei - Celeste NG: eu nunca tinha ouvido falar dessa escritora, mas aí vim um vídeo da Pam em que ela falava desse livro e coloquei na minha lista. Baixei para ler no e-reader do tablet e como estou acostumada com thrillers, confesso que no início fiquei meio entediada, mas conforme a leitura ia avançando fui me afeiçoando aos personagens e quando vi já estava chorando e até ansiosa com o desenrolar da história. É um livro lindo, forte e tocante. Recomendo demais! É a história de uma família que tem 3 filhos, e um belo dia a filha do meio Lydia, desaparece e a família fica desesperada atrás dela. Leiam. 

A Boa Filha - Karin Slaughter:  eu gosto demais dessa escritora, os livros dela são sempre socos no estômago e esse não é diferente. Diria até que esse são dois socos. Tem muita violência, descrições fortes, mas tem também uma história bonita e tocante. A vida de duas meninas Samantha e Charlotte é abalada por uma tragédia que muda completamente a vida da família inteira, cheia de mistérios, segredos e mágoas, o livro é construído de uma forma muito legal, indico demais e estou LOUCA para ler o próximo livro dessa série que ainda não foi lançado. Quem gosta de suspense não pode deixar de ler essa escritora. 

O Casal que Mora ao Lado - Shari Lapena: como nem tudo são flores e ler livros meia boca faz parte, até agora esse foi o meu caso nesse ano. É um livro muito superficial, com personagens rasos e um desenrolar fraco. Talvez uma pessoa que não esteja acostumada a thrillers, ou a ler, até goste. Mas eu que já li muito livros nessa categoria e sou devoradora de livros, achei bem ruim. Só terminei mesmo porque já tinha começado e porque eu tenho dificuldade em deixar livros pela metade. Um casal tem um bebê e um belo dia vão jantar na casa de outro casal de amigos que são seus vizinhos, a babá desmarca e eles resolvem deixar o bebê sozinho em casa, se revezando a cada meia hora para espiar e neném e carregando junto a babá eletrônica. Até que o bebê some e o mistério de quem sequestrou o bebê inicia. 

Por Trás dos Seus Olhos - Sarah Pinborough: esse livro é uma coisa muito louca, MUITO! E quando você acha que matou a charada, ele dá um duplo twist carpado e tu termina o livro assim: OI? Preciso dizer que apesar da surpresa eu me incomodei muito com o final, e não que eu tenha achado ruim, mas é um final que dá um mal estar louco. É a história de Louise, uma mãe solteira com uma vida muito pacata, até que um belo dia ela beija um desconhecido muito charmoso em um bar, e no outro dia descobre que ele é seu novo chefe. O que era pra ser só um beijo, acaba se transformando em um caso, e se não bastasse o rolo, ela ainda fica muito amiga da esposa do chefe/amante. Com o passar do tempo ela vai ficando cada vez mais envolvida com ambos, e vai descobrindo que a vida deles é muito misteriosa. E mais uma vez eu digo, que livro LOUCO!

Bônus: estou terminando A Mulher na Cabine 10 da Ruth Ware e estou gostando, não amando, mas é um bom livro e também bem surpreendente e agoniante. Falta apenas 50 páginas para concluir. Lo, uma jornalista de uma revista de turismo, embarca em um luxuoso navio que irá fazer uma viagem inaugural para a impresa. Ao lado da sua cabine está uma misteriosa mulher que lhe empresta uma máscara de cílios, no meio da noite, depois de uma festa de boas vindas (onde ela não encontra a mulher) e muitas taças de champagne e outros drinks, Lo escuta algo na cabine ao lado e tem certeza que viu uma mulher ser atirada ao mar, só que ao falar com o responsável pela segurança do navio, ela descobre que na cabine 10 nunca ouve passageiro nenhum. É uma história bem doida, louca pra saber o final. 
Seja o primeiro a comentar:
Postar um comentário