Top Social

O que são produtos Comedogênicos?

06 julho 2018
Você usa aquele produto de beleza e no outro dia acorda com uma espinha indesejada, um cravo novo e fica se perguntando: Por que será que isso aconteceu?

Então hoje vou te contar! Ou pelo menos esclarecer algumas coisas, afinal aqui não tem nenhuma especialista, só uma curiosa. 

Existem algumas substâncias presentes em cosméticos que são chamadas de COMEDOGÊNICAS, ou seja, que entopem os poros, que causam obstrução. E por isso são nocivas para peles oleosas e com propensão a acne e cravos.

E quando os poros entopem, formam-se comedões também conhecidos como aqueles indesejáveis pontos negros (que ficam negros porque o sebo oxida, resultando no escurecimento), e existem também aqueles comedões que são pontos brancos e acabam formando outros cravos e espinhas. Tudo o que a gente não quer de jeito nenhum na nossa pele! Convém lembrar aqui, que algumas espinhas são de origem hormonal e até alimentar, portanto por mais que você não use produtos comedogênicos, elas podem aparecer. 

Essas substâncias são classificadas em alguns níveis que vão de 0 a 5:

0 - não causa obstrução dos poros
1 - baixo nível
2 - moderadamente baixo
3 - moderado
4 - razoavelmente alto
5 - alto

Ou seja, se um produto tem alguma substância que tem nível que vai de 0 a 2 ele é seguro, 4 e 5 melhor evitar. 

Pra saber se aquela base, creme, protetor solar ou qualquer outro cosmético possui o sinal verde, uma dica boa é acessar o site CosDNA. É só adicionar por lá todos os ingredientes do produto e aparecerá o nível de segurança de cada um deles. Dá um pouco de trabalho, mas acho que vale a pena. E com o tempo, a gente vai identificando certas substâncias olhando já de cara nos ingredientes. Eu utilizo muito esse site para consultar os componentes de bases e protetores solares, afinal são produtos que acabo passando o dia todo na pele. 

Uma coisa interessante que encontrei nas minhas pesquisas na internet, foi essa lista de óleos para sabermos quais utilizar e quais evitar.



Mais uma informação bem IMPORTANTE para finalizar: muitas vezes um produto pode estar marcado com algum item não tão seguro, mas se dar super bem com a sua pele e não causar nadica de nada. Então não tem porque tirar ele da sua rotina, o importante é observar a sua pele. E QUALQUER dúvida, procurar um dermatologista. 


Fontes utilizadas no post: Aua Natural e BioSakure




Seja o primeiro a comentar:
Postar um comentário