Top Social

Demaquilante Bifásico Express, Pele Mista, Ruby Rose

23 maio 2019

Desde que me apaixonei de vez pelas máscaras de cílios a prova d'água, tive que garantir sempre ter disponível na minha penteadeira, um demaquilante que fosse bifásico. Já falei aqui nesse post que pra usar máscaras desse tipo, e não ter dificuldade na hora da remoção, é muito importante fazer uso de um demaquilante oleoso, e por isso, não fico mais sem!


Além dessa versão para peles mistas, a Ruby Rose também disponibiliza a versão normal, com uma embalagem de cor douradinha. A embalagem desse demaquilante é comum, de plástico. A tampa é de rosquear, e embora a abertura seja de um tamanho bom, tenho optado por colocar os meus demaquilantes sempre em um "porta acetona", comentei a respeito nos stories do nosso Instagram. Acho que facilita na hora de molhar o algodão no produto, antes de aplicar no rosto.


Possui um líquido transparente, com um tom levemente azulado. A fragrância é bem sutil, leve, com um cheirinho que remete a um aroma floral. É um produto super eficaz, que remove toda a maquiagem, inclusive máscaras de cílios que são mais resistentes. A melhor parte é que, pra fazer isso, não arde em nada os olhos. Mesmo sendo bifásico e consequentemente, oleoso, não deixa a pele oleosa. Ela absorve rapidamente o produto, e fica sequinha.

A única coisa que sinto, em diferença aos demais que já usei, é que pra remover tudo com mais eficiência, o algodão precisa estar com bastante produto. No mais, é um demaquilante que possui um ótimo custo benefício.

Valor: Pode variar de R$ 15,00 a R$ 25,00
Nota: 👑👑👑👑




Espuma de Banho Silk Mousse, Nivea


Depois de lançar o body mousse - que é maravilhoso diga-se de passagem - a Nivea chegou chegando com essa Espuma de Banho no formato mousse. Já existia em outros países, mas aqui em terras brasileiras é novidade. Eles disponibilizaram três fragrâncias: Essa de Baunilha com Caramelo, a rosinha que é com Ruibarbo e Framboesa e a Creme Care que tem fragrância tradicional da marca e contém óleos essenciais da Nivea.


A embalagem é super semelhante à do body mousse, ambas inclusive, possuem a mesma quantidade de produto. Remete inicialmente a um desodorante em aerosol, e tem uma abertura que lembra creme de barbear (não só a abertura, mas a textura também, só é um pouquinho mais densa).


Na hora de aplicar, coloco um pouco nas mãos e sai uma quantidade bem considerável. Consigo espalhar pelo corpo todo, dá uma sensação instantânea de maciez, hidratação, enquanto exala um cheiro adocicado, forte sem ser enjoativo, e muito gostoso. Parece que abraça a gente, sabe? Esse produto é um verdadeiro carinho para o corpo.

Talvez por ser tão leve, não pareça que está fazendo uma limpeza de verdade como um sabonete, mas na verdade está. De qualquer forma, sempre faço a aplicação na finalização do banho, depois de já ter usado um sabonete de fato, como se fosse um plus, um a mais mesmo, pra ficar com uma sensação gostosa e com a pele perfumada. Mesmo assim, na minha opinião, não dispensa o uso de um creme hidratante pós banho. Combinaria super usar ele, e depois hidratar a pele de verdade com o body mousse.

Conclusão: Eu amei muito, que coisa mais gostosa de se ter no banho. É uma delícia sentir essa espuma no corpo, com essa fragrância tão boa, parece até um banho de banheira! Mas, é bem importante deixar claro que não é um produto super necessário. É apenas um acessório a mais, pra deixar a experiência do banho ainda melhor. Não rende muito, mas também não rende pouco. Usei por quinze dias mais ou menos praticamente todos os dias, e tenho a sensação de que agora é que está quase no final.

Valor: Paguei R$ 20,00 na Panvel, e na maioria dos lugares não foge muito desse valor.
Nota: 👑👑👑👑👑




Inspiração: Cabelos Coloridos

22 maio 2019
fonte das imagens: pinterest

Já faz algum tempo, que ficou mais comum ver por aí pessoas com os cabelos coloridos. E quando falo colorido, não são as cores mais "tradicionais" que pode ser preto, tons de castanho, vermelhos e loiros. Me refiro aos coloridos de verdade! Essa tendência tá super em alta, e nós particularmente achamos sensacional e super estilosa. Como ainda não experimentamos, convidamos leitoras que tenham mais experiência pra contar um pouquinho como pintam, quais tintas usam, e os cuidados que tomam pra manter os fios não só super coloridos, mas também, super saudáveis!


A Nanda sempre pintou o cabelo, desde os 12 anos. Começou fazendo apenas mechas coloridas, e depois passou a pintar o cabelo todo. Prefere as tintas da linha Keraton Hard Colors, pois segundo ela: "Tem uma duração relativamente boa, e como gosto de trocar de cor frequentemente, não preciso ficar descolorindo toda hora, já que estraga muito o cabelo." Pra cor durar mais, a dica da Nanda é não lavar todos os dias, e fazer uso do shampoo seco. Outra ideia pra danificar menos os fios, é não usar a tinta pura. Ela mistura com creme branco, que seja hidratante, e embora fique com um tom mais claro, acaba fazendo uma hidratação. Ela nos contou que já teve corte químico, por conta do uso do descolorante e por isso, não usou mais o produto. Acabou optando por tintas loiras que tem água oxigenada, mesmo quando quer que o tom colorido fique bem vibrante, e aí aplica o loiro antes, e após o processo faz a coloração. Pra manter a cor, seja ela loira ou colorida, a Nanda faz uso de shampoos sem sulfato e low poo.


A Rebeca pinta o cabelo há 14 anos. Começou pelo vermelho, e já transitou por tantas cores que atualmente não consegue ficar muito tempo com a mesma. Usa o tonalizante fantasia da Kamaleão Color, nas cores Beija Flor para o tom de roxo e Boto Rosa para ter a raiz mais rosada. Ela costuma também testar outras marcas pra fazer resenha no seu canal. Pra ela, a principal dica é: "fazer o cronograma capilar para manter a saúde dos fios". Pra sustentar a cor, ela procura evitar acessórios de calor, e quando acaba usando, sempre aplica antes um protetor térmico. A Rebeca também gosta de produtos que tenham proteção UV, e assim como a Nanda, faz a técnica do low poo, dessa forma o cabelo fica bem menos ressecado.


A Bárbara sempre gostou de pintar os cabelos, mas é a primeira vez que opta por uma cor super colorida. Ela nos contou como foi: "Depois de cortar o cabelo com uma diva que inspira a gente a descobrir nossa real beleza com menos influências externas possíveis, eu amei e fui atrás de um difusor para usar ondulado. Quando fui pagar, a moça do caixa tinha o cabelo desta cor! Eu amei e fui perguntar para ela, que me indicou a máscara intensificadora de cor da Triskle, me orientando a diluir um pouco numa máscara hidratante branca para deixar mais claro e chegar num tom de rosa, que era o que eu gostaria! Comprei e alguns dias depois me encorajei! Ficou beeem rosa, principalmente porque eu estava com mechas claras. Amei e estou curtindo a cabeleira nova!".

Deu pra aprender várias dicas né? Embora dê um pouquinho de trabalho, o resultado é muito incrível, e como já mencionamos no início do post, fica muito estiloso! E ai, de qual cor você pintaria?

Ficou com alguma dúvida? Manda pra gente nos comentários!

Muito obrigada às nossas leitoras queridas que colaboraram com o post 💗.



Livros Lidos: Primeiro Semestre

21 maio 2019

Estamos quase no meio do ano, que loucura! E eu já li alguns livros, até agora foram 7 (quase 8). E vou dividir com vocês aqui todos eles e contar qual vale a pena, mas já adianto que tem umas leituras MUITO boas. 

A História do Novo Sobrenome - Elena Ferrante: esse livro faz parte da série Napolitana dessa escritora, que na verdade escreve sob esse pseudônimo e ninguém sabe quem ela é realmente. Eu tenho muito amor por essa série, e apesar de ser uma narrativa densa, com pouquíssimos diálogos, é tão tocante, forte e ao mesmo tempo sensível. Recomendo demais, mas tem que começar pelo primeiro livro que é A Amiga Genial, caso contrário a pessoa fica bem perdida. É a história de duas amigas que se conhecem na infância e descobrem a vida juntas, cada uma da sua forma. Elena, a amiga que narra a história e Rafaela, são completamente diferentes e é impossível não se apegar as duas. 

A Mulher na Janela - A.J.Finn: quando vi que ia sair um filme desse livro, pedi para me trazerem do Brasil. Eu adoro ler livros que viram filmes, e sempre leio o livro antes, óbvio. É a história de Anna, uma mulher que vive sozinha em uma casa e tem pânico de sair. Um belo dia ela acredita ter visto um crime na casa ao lado e um suspense louco inicia. Me emocionei com alguns trechos do livro, tem algumas partes muito tristes, e outras surpreendentes. Mas confesso que não achei dos melhores livros que já li, antes de chegar ao final eu já tinha sacado qual era o mistério. É um bom livro, bem escrito e com bons personagens. Verei o filme com certeza, até porque a personagem principal será interpretada pela Amy Adams. 

O Desaparecimento de Stephanie Mailer - Joël Dicker: já li os outros livros desse escritor, e quando vi que ele lançaria esse, fiquei muito afim de ler. Fábio, meu marido, ganhou de Natal e quando ele começou a deixar o livro de lado, eu peguei pra ler. São quase 600 páginas! E o livro tem muitas reviravoltas e tem um final surpreendente, mas confesso que não gostei tanto assim. Achei um final simples. Mas preciso falar sobre os muitos personagens e a construção de cada um deles, esse escritor não se perde, amarra todas as pontas soltas e nesse sentido eu acho ele muito foda, é impressionante. 

Tudo o que Nunca Contei - Celeste NG: eu nunca tinha ouvido falar dessa escritora, mas aí vim um vídeo da Pam em que ela falava desse livro e coloquei na minha lista. Baixei para ler no e-reader do tablet e como estou acostumada com thrillers, confesso que no início fiquei meio entediada, mas conforme a leitura ia avançando fui me afeiçoando aos personagens e quando vi já estava chorando e até ansiosa com o desenrolar da história. É um livro lindo, forte e tocante. Recomendo demais! É a história de uma família que tem 3 filhos, e um belo dia a filha do meio Lydia, desaparece e a família fica desesperada atrás dela. Leiam. 

A Boa Filha - Karin Slaughter:  eu gosto demais dessa escritora, os livros dela são sempre socos no estômago e esse não é diferente. Diria até que esse são dois socos. Tem muita violência, descrições fortes, mas tem também uma história bonita e tocante. A vida de duas meninas Samantha e Charlotte é abalada por uma tragédia que muda completamente a vida da família inteira, cheia de mistérios, segredos e mágoas, o livro é construído de uma forma muito legal, indico demais e estou LOUCA para ler o próximo livro dessa série que ainda não foi lançado. Quem gosta de suspense não pode deixar de ler essa escritora. 

O Casal que Mora ao Lado - Shari Lapena: como nem tudo são flores e ler livros meia boca faz parte, até agora esse foi o meu caso nesse ano. É um livro muito superficial, com personagens rasos e um desenrolar fraco. Talvez uma pessoa que não esteja acostumada a thrillers, ou a ler, até goste. Mas eu que já li muito livros nessa categoria e sou devoradora de livros, achei bem ruim. Só terminei mesmo porque já tinha começado e porque eu tenho dificuldade em deixar livros pela metade. Um casal tem um bebê e um belo dia vão jantar na casa de outro casal de amigos que são seus vizinhos, a babá desmarca e eles resolvem deixar o bebê sozinho em casa, se revezando a cada meia hora para espiar e neném e carregando junto a babá eletrônica. Até que o bebê some e o mistério de quem sequestrou o bebê inicia. 

Por Trás dos Seus Olhos - Sarah Pinborough: esse livro é uma coisa muito louca, MUITO! E quando você acha que matou a charada, ele dá um duplo twist carpado e tu termina o livro assim: OI? Preciso dizer que apesar da surpresa eu me incomodei muito com o final, e não que eu tenha achado ruim, mas é um final que dá um mal estar louco. É a história de Louise, uma mãe solteira com uma vida muito pacata, até que um belo dia ela beija um desconhecido muito charmoso em um bar, e no outro dia descobre que ele é seu novo chefe. O que era pra ser só um beijo, acaba se transformando em um caso, e se não bastasse o rolo, ela ainda fica muito amiga da esposa do chefe/amante. Com o passar do tempo ela vai ficando cada vez mais envolvida com ambos, e vai descobrindo que a vida deles é muito misteriosa. E mais uma vez eu digo, que livro LOUCO!

Bônus: estou terminando A Mulher na Cabine 10 da Ruth Ware e estou gostando, não amando, mas é um bom livro e também bem surpreendente e agoniante. Falta apenas 50 páginas para concluir. Lo, uma jornalista de uma revista de turismo, embarca em um luxuoso navio que irá fazer uma viagem inaugural para a impresa. Ao lado da sua cabine está uma misteriosa mulher que lhe empresta uma máscara de cílios, no meio da noite, depois de uma festa de boas vindas (onde ela não encontra a mulher) e muitas taças de champagne e outros drinks, Lo escuta algo na cabine ao lado e tem certeza que viu uma mulher ser atirada ao mar, só que ao falar com o responsável pela segurança do navio, ela descobre que na cabine 10 nunca ouve passageiro nenhum. É uma história bem doida, louca pra saber o final. 

Paletas de Sombras

20 maio 2019

Acho que quem gosta de maquiagem, gosta de paleta de sombras, impossível não se encantar pelas cores, texturas e muitas vezes embalagens lindas. Eu obviamente, sou uma apaixonada, e confesso que adoraria ter muitas mais, mas o bom senso sempre me vem a cabeça, e acabo comprando apenas aquelas que eu acredito que realmente iriei usar, até porque não sou maquiadora e com certeza essas paletas irão durar até minha próxima geração. 

Resolvi mostrar minhas belezinhas e falar um pouco sobre cada uma delas. Recomendo todas e das 6 apenas uma é cara, o resto são baratinhas incríveis!





Paleta Ho!Ho!Ho!, Essence: infelizmente essa paleta é uma edição limitada da marca, já experimentei outras sombras da Essence mas nada se compara a maciez dessa. SUPER pigmentada, ótima para esfumar e dura muito. Com embalagem acartonada, eu amo essa seleção de cores. Principalmente para usar as sombras metalizadas sozinhas. E o plus é ter essa sombra lotada de glitter multicolorido. Valor: 8,99€


Paleta Rosé In The Air, Wet N Wild: essa paletinha ficou na minha wishlist por muito tempo, primeiro porque adoro essa seleção de cores e segundo porque ela é um dupe da Modern Renaissance da Anastasia Beverly Hills. Compacta, muito prática para carregar e versátil é outro produto que indico muito. Esses dias fiz uma make com ela e muita gente elogiou. Ela tem uma ótima pigmentação. é fácil de esfumar e dura muito. Valor: 5,99€



Be Fabulous, Ruby Rose: já fiz resenha dessa paleta e adoro ela, é muito linda e as sombras com brilho são um escândalo de lindas, pigmentam muito. Uma pena que as sombras matte não pigmentam tanto quanto as outras, mas pra uma paleta baratinha, tá de bom tamanho. Essa paleta vem com um primer que funciona real, e realmente potencializa muito as cores. Outro produto que indico. Uma curiosidade é que essa paleta tem perfume, a única da minha coleção com essa característica. Valor: R$ 23,99



Paleta Velvet Rose, Revolution: eu sou muito fã das paletas da linha re-loaded da Revolution, elas são lindas, pigmentadas, vem muito produto e é sempre um mix incrível de cores. Essa é um dupe da Soft Glam da Anastasia Beverly Hills. Por anos eu fui fã dos tons de preto, mas faz uns 4 anos que não vivo sem os marrons e essa paleta é demais para quem gosta desses tons. Tem marrons frios, marrons quentes, brilhos e um preto MEGA preto. Recomendo demais! Valor: 4,99€



Paleta Iconic Division, Revolution: mais uma paleta linda da Revolution e dupe também da Anastasia Beverly Hills, só que essa é dupe da Subculture. Os verdes estão super em alta e essa tem verdes maravilhosos e eu nunca pensei que fosse achar sombras amarelas maravilhosas, e depois dessa paleta... Me apaixonei. Impossível não amar e não querer fazer mil misturas incríveis, já que ela permite! Valor: 4,99€


Naked 2, Urban Decay: fiquei pensando muito se mostrava ou não essa paleta da minha coleção, afinal ela não é pechincha e nem tenho usado muito. Mas como era pra mostrar todas... Aqui está ela. É uma paleta linda, as sombras com brilho são sensacionais, mas acredito que desde que essa paleta foi lançada o mercado da maquiagem evoluiu muito e a pigmentação dela se compara demais as baratinhas, o preço (na minha opinião) não compensa. Valor: R$ 329,00

Tanto que resolvi fazer uma comparação entre os pretos de 3 paletas. As duas da Revolution com a Naked 2. O preto da Urban Decay é bem famoso por ser um preto bem preto, a famosa sombra Blackout. Mas nesses swatches dá pra ver claramente que não é bem assim, a primeira (de baixo para cima) é a da Urban Decay e as outras duas da Revolution. E todas foram feitas com apenas uma passada de dedo na sombra e depois passada no braço. 


Tem alguma paleta incrível pra indicar? Deixa aqui nos comentários para mim!